• Letra Espírita

A missão de ser pai ou mãe

Atualizado: 8 de Jul de 2019



Victor Hugo Freitas


Quando um casal pensa em ter filhos, requer um planejamento muito específico, com cuidados especiais, afinal a responsabilidade é grande e a trajetória é longa. Mas e o planejamento de qual filho virá a este casal? É mais do que um planejamento na Terra, é um planejamento que começa no mundo espiritual. É o planejamento reencarnatório que começa com espíritos que precisam resgatar os débitos que aqui deixaram em outras vidas. Entre uma encarnação e outra, o espírito imortal no exercício de seu livre-arbítrio, escolhe o gênero e grau de provas por que há de passar em sua próxima experiência carnal. Sempre com ajuda dos mentores espirituais.

Assim que essa nova vida reencarna, os pais têm como obrigação educar e mostrar os reais valores a esse ser que por aqui habitará por muitos anos e voltará por diversas vezes. Há diversas citações sob a responsabilidade da educação dos pais. Na questão 208 de “O Livro dos Espíritos” está escrito que o “Espírito dos pais tem a missão de desenvolver o dos filhos pela educação; isso é para ele uma tarefa. Se nela falhar, será culpado.” Na questão 582, fala-se das missões e responsabilidades da maternidade e paternidade: são os pais propiciando ao espírito recém-chegado que tenha reencarnado naquele núcleo familiar. Aos pais cabem cumprir o papel de protegê-lo em sua fragilidade dos primeiros anos e de orientá-lo ao amor, ao bem, ao respeito ao próximo e à verdade: isto é o que André Luiz e Joanna de Ângelis sempre falaram aos seus médiuns, Chico Xavier e Divaldo P. Franco, respectivamente.

A existência na Terra é um aprendizado que começa com os pais e segue pela vida toda, com professores, amigos e os mais velhos com suas sabedorias. É importante ressaltar que ninguém está por aqui por acaso e solto no mundo. Há razão e o porquê para tudo. Por que nascemos nesta família? Por que nascemos neste país? Por que nascemos em berço de ouro ou em extrema carência? A célebre frase de Chico Xavier explica muito bem isso:


“Já vivemos muitas vezes, estamos com as pessoas certas para ajustarmos os nossos corações e resolvermos os nossos problemas. Na reencarnação ninguém erra de endereço.”

Portanto, tudo que deixamos aqui, resgataremos um dia em outra carne com pessoas com quem precisamos estar. Lembre-se que a vida nos dá a chance de nos conhecer melhor e conhecer o próximo para conviver com os desafetos e diferenças fazendo com que saibamos se relacionar de forma harmoniosa. Afinal, são mais de 7 bilhões de espíritos vivendo aqui hoje, cada qual com seu jeito. Ser mãe, ser pai é mais que uma grande responsabilidade, uma missão.

*Victor Hugo Freitas é colunista voluntário do Blog Letra Espírita. Leia outros artigos de sua autoria clicando aqui.

#VictorHugoFreitas #Maternidade #Paternidade #Mãe #Filhos

Contatos:

22  2724-0945

blog@letraespirita.com.br

© 2018 por Equipe Letra Espíírita