Contatos:

22  2724-0945

blog@letraespirita.com.br

© 2018 por Equipe Letra Espíírita

  • Letra Espírita

Atriz espírita vai ao "Encontro" e fala sobre homossexualidade



Reprodução

No auge de seus 84 anos, Nicette Bruno encantou a internet na manhã desta quinta-feira (22) com um discurso contra a homofobia. A atriz, atualmente no ar em “Pega Pega”, trama das 19h, participou do “Encontro com Fátima Bernardes”. E reagiu surpresa ao ouvir uma convidada da plateia dizer que não aceitaria um filho gay e que o levaria para se consultar com um especialista, que “tratasse” sua homossexualidade.

Indignada, Nicette comentou: “As pessoas não são iguais, não tem duas pessoas iguais. Cada um tem a sua individualidade, tem o seu caminho a seguir e todos devem conviver da mesma forma e da mesma maneira. Porque é curioso que fica se pensando, nesse caso da homossexualidade, como se fosse uma coisa estranha, uma coisa diferente, um defeito. Não é! Meu Deus, é a vida, é a individualidade da pessoa”.

Na sequência, completou, ovacionada pela plateia: “Você pode ter dez filhos. Os dez serão diferentes. Você vai educá-los de acordo com a sua visão de família. Mas, para cada um, você precisa ter um sentido único, porque eles são diferentes. Então não são eles que precisam se modificar, você que tem que se adaptar a cada um deles, pois isso forma uma família, não é?”.

Fátima Bernardes contemporizou. “Na verdade, eu acho que muito é a expectativa que os pais geram em relação aos filhos, que provoca esse desconforto”, disse a apresentadora. Nicette Bruno, que também falou sobre os cuidados com a pele, elogiadíssima, e a viuvez (seu marido, Paulo Goulart, faleceu em 2014), concluiu: “É um problema de preconceito, sim. Claro que isso já vem de muito tempo e isso é incutido nas pessoas desde muito cedo a ter esse preconceito”.

#Homossexualidade