• Letra Espírita

Existe Vale dos Tatuados?

Como vimos anteriormente no texto “Tatuagem e Espiritismo“, a questão da tatuagem é mais antiga do que se imagina, e ainda, gera muito polêmica no meio espírita.


Afinal, existe vale dos tatuados? Tatuagem lesiona o perispírito?


Nas obras básicas da codificação espírita não existe nada a respeito desse tema. Porém, vale lembrar que o espiritismo nada impõe, não dita regras e não condena. A doutrina esclarece, orienta e fala também que temos o livre-arbítrio, com isso, cabe a cada um de nós avaliar os cuidados com o corpo físico.


Já em relação ao perispírito, o espiritismo enxerga o corpo como um templo, apesar de ser material, ele deve ser cuidado e preservado. O espírito utilizado o corpo físico (matéria) para viver as experiências que foram propostas nesta encarnação.


De acordo com Divaldo Pereira Franco, pessoas tatuadas, são almas que trazem reminiscências de outras encarnação, épocas bárbaras. Entretanto, vale lembrar que esta afirmação de Divaldo não vale para todos os casos. Já que muitos adolescentes fazem tatuagens por estar na moda ou para expressar sentimentos opiniões.


Já Waldo Vieira, no livro “Evolução em Dois Mundos”, psicografia de Chico Xavier, disse que o perispírito não é reflexo do corpo físico.


“As lesões do corpo físico só terão, pois, repercussão no corpo espiritual se houver fixação mental do indivíduo diante do acontecido ou se o ato praticado estiver em desacordo com as leis que regem a vida.”


Podemos citar, por exemplo, os exageros. E lembre-se também que existem várias maneiras de lesionar o perispírito: drogas, pensamentos negativos, etc.


No programa Mundo Maior Repórter, Richard Simonetti disse:


“O que afeta o perispírito é o bem ou o mal que fazemos com as pessoas ou a nós mesmo”.


Existe Vale dos Tatuados?


De acordo com Celina Sobral no programa Sem Dúvida, da TV Mundo Maior, não é possível afirmar exatamente se existe vale dos tatuados, vale dos suicidas, já que tudo depende do nosso grau de evolução, da nossa energia.


Ainda segundo a comunicadora os espíritos vão se unir do outro lado da “vida”, segundo a sua sintonia.


A comunicador completou:


“O vale dos tatuados, eu acredito, que seja uma colocação dentro de um estudo. Se a pessoa estiver exagerando naquela forma de tatuagem ou em qualquer outra coisa que vá causar um desequilíbrio, aí sim, ela vai para um lugar que vai lhe trazer sofrimento. Isso não quer dizer que se ela fizer uma, duas ou três tatuagens, ela irá para um lugar de sofrimento. Isso vai depender de suas intenções e sentimentos, enquanto encarnado e também como desencarnado”.


Celina finalizou:


“Então, nada de ter medo de ir pro vale dos tatuados, dos suicidas, não é assim”.


=====

Conheça o Clube do Livro Letra Espírita em www.letraespirita.com.br e associe-se para receber em sua casa o melhor da literatura espírita.


*O livro "Chico Xavier de encarnação a encarnação" faz parte da seleção de Abril/19. Veja seleção completa do mês atual no site.


Fonte: RBN

Contatos:

22  2724-0945

blog@letraespirita.com.br

© 2018 por Equipe Letra Espíírita