• Letra Espírita

Irmãos Gêmeos: Irmãos de Muitas Vidas


Por: Victor Hugo Freitas


Quando um casal planeja ter filhos, sempre tem aquela ansiedade em saber o sexo da criança. Depois da descoberta, vem a ansiedade para saber como é o rostinho do bebê e por aí vai. Nada disso, podemos escolher, pelo menos de forma consciente, no plano terreno. Quando o casal descobre que está grávido vem a alegria e às vezes, a surpresa. São gêmeos! Ou trigêmeos, quadrigêmeos, quíntuplos, ufa…!


Muito se discute a respeito de gêmeos. Este tema é bastante abordado pelo espiritismo também. Muitas pessoas chegam até mesmo a dizer que são dois corpos com apenas um espírito. Isto não é verdade! Sabemos que cada ser tem seu espírito, seu caminho a trilhar. Na visão espírita, um casal recebe a missão de criar gêmeos porque eles vivem com espíritos muito próximos e a noção de dobro é muito presente na vida deles. Pode ser no compartilhamento dos sonhos, no amor mútuo. E sabemos que estes dois seres possuem uma ligação muito forte desde o crescimento na barriga da mamãe. Os bebês fazem amizade e começam muito antes do término do corpo a criar fortes laços afetivos que duram a vida toda. Essa ligação é explicada porque já há convívio deles ora encarnados, ora desencarnados. Muitos destes espíritos encontram a oportunidade de encararem as incertezas em relação às tarefas e objetivos assumidos já combinados na programação pré-encarnatória. Podemos até ousar em dizer que tal oportunidade é uma possibilidade de resgatar os erros do passado, perdoar as indiferenças e, sobretudo, amar.


Em O Livro dos Espíritos, Allan Kardec pergunta aos espíritos que o guiam algumas coisas a respeito de irmãos, principalmente, os gêmeos.


211. Donde deriva a semelhança de caráter que muitas vezes existe entre dois irmãos, mormente se gêmeos?

“São Espíritos simpáticos que se aproximam por analogia de sentimentos e se sentem felizes por estar juntos.”


212. Há dois Espíritos, ou, por outra, duas almas, nas crianças cujos corpos nascem ligados, tendo comuns alguns órgãos?

“Sim, mas a semelhança entre elas é tal que faz vos pareçam, em muitos casos, uma só.”


213. Pois que nos gêmeos os Espíritos encarnam por simpatia, donde provém a aversão que às vezes se nota entre eles?

“Não é de regra que sejam simpáticos os Espíritos dos gêmeos. Acontece também que Espíritos maus entendam de lutar juntos no palco da vida.”


214. Que se deve pensar dessas histórias de crianças que lutam no seio materno?

“Lendas! Para significarem quão inveterado era o ódio que reciprocamente se votavam, figuram-no a se fazer sentir antes do nascimento delas. Em geral, não levais muito em conta as imagens poéticas.”


A Doutrina Espírita nos explica que as famílias terrenas têm uma história ligada a um passado em comum o que é ainda mais evidente no caso dos gêmeos. São espíritos unidos por grande sintonia ou por imensa repulsa. Algo não explicado pela ciência.

Gêmeos são seres que se conhecem bem de várias vidas e estarão juntos aqui, nesta vida, para lutarem e superem juntos o que lhes cabe viver.


==========

Referência:

KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. 76.ed. Rio de Janeiro, RJ: FEB, 1995


---------------------


Conheça o Clube do Livro Letra Espírita em www.letraespirita.com.br e associe-se para receber em sua casa o melhor da literatura espírita.

Contatos:

22  2724-0945

blog@letraespirita.com.br

© 2018 por Equipe Letra Espíírita