Contatos:

22  2724-0945

blog@letraespirita.com.br

© 2018 por Equipe Letra Espíírita

  • Letra Espírita

Médiuns Iniciantes


Por: Jackelline Furuuti


Não por um acaso você teve acesso a este artigo.

É muito provável que você tenha sentido a sua intuição mais aguçada, a sensibilidade aumentada e com isso alguns sintomas até físicos foram identificados. Este é o nosso "sentido" mais interessante a ser observado. É a mediunidade.

Mediunidade é a faculdade que nos permite a comunicação entre nós, encarnados com o plano espiritual. É um acesso importantíssimo que alivia muitos saudosos corações e traz para o nosso plano material muitas informações importantes da vida após o desencarne e também, de aprimoramento moral enquanto encarnados com a rica oportunidade de evolução.


A partir do momento em que houver interesse por desenvolver a mediunidade, a primeira questão deverá ser: por onde começar? Simples: pela reforma íntima. Por ela começamos e, nunca terminaremos, portanto, o quanto antes começarmos, melhor.


A reforma íntima é um processo de desconstrução de crenças limitantes, ressignificação das provas e expiações e prática dos ensinamentos crísticos. Isso se dá através do estudo das obras básicas, tantas outras que a espiritualidade nos fornece constantemente e a prática com os seus semelhantes. Por isso a encarnação é uma dádiva, pois nos dá a oportunidade de aprender e executar.


Tornando-se alguém mais pacífico e mais conectado às vibrações positivas, o plano espiritual encontrará em você, no seu corpo e mente o melhor meio de se comunicar. Os tipos de mediunidade são diversos e todos têm em menor ou maior grau alguma delas. A que for natural, naturalmente se apresentará e as outras, através do desenvolvimento, boa intenção e dedicação, pode se manifestar.


O desenvolvimento é uma forma de trabalhar a mediunidade de maneira segura, com pessoas preparadas para te auxiliar, que criam um ambiente saudável para a prática e te orientam acerca dos excessos ou falta como um ourives trabalha os detalhes mais minuciosos de uma joia.


É como um ser humano que por si e com pouco apoio cresceria e se tornaria um homem sozinho, mas que desenvolve - se melhor se melhores condições de desenvolvimento lhes forem ofertadas.


Importante lembrar que a mediunidade é uma parte do serviço caritativo enquanto encarnados, mas que não devemos ser caridosos apenas em trabalhos mediúnicos e sim, em todos os momentos da vida.


O desenvolvimento da mediunidade torna o indivíduo um bom meio de comunicação espiritual e ao mesmo tempo, o torna bom para todos que com ele convive, colocando à prova todas as suas imperfeições para que cada uma seja cuidadosamente trabalhada.


É Deus trabalhando em você e você trabalhando em nome dele.


=======

Conheça o Clube do Livro Letra Espírita em www.letraespirita.com.br e associe-se para receber em sua casa o melhor da literatura espírita.