• Letra Espírita

Necessidade de Vida Social


Rafaela Paes

O artigo de hoje é um estudo de “O Livro dos Espíritos”, que nos demonstrará que nenhum homem é uma ilha, que não fomos criados para ser solitários e mais, que a solidão é péssima companheira para a evolução que tanto almejamos.


Desse tema se ocupa o capítulo VII do livro, que se intitula Lei de Sociedade.


“Necessidade de Vida Social”


Questão 766 – A vida social está na Natureza?


Resposta: Certamente. Deus fez o homem para viver em sociedade. Deus não deu inutilmente ao homem a palavra e todas as outras faculdades necessárias à vida de relação.


Questão 767 – O isolamento absoluto é contrário à lei natural?


Resposta: Sim, visto que os homens procuram a sociedade por instinto, e que devem concorrer para o progresso, ajudando-se mutuamente.


Questão 768 – O homem, procurando a sociedade, não faz senão obedecer a um sentimento pessoal, ou há nesse sentimento um objetivo providencial mais geral?


Resposta: O homem deve progredir. Sozinho, ele não pode porque não tem todas as faculdades; é-lhes preciso o contato dos outros homens. No isolamento, ele se embrutece e se debilita.


Nota de Kardec: Nenhum home tem as faculdades completas. Pela união social, eles se completam uns pelos outros para assegurar seu bem-estar e progredir. Por isso, tendo necessidade uns dos outros, são feitos para viver em sociedade e não isolados.


Autoexplicativas as questões transcritas, que nos informam que a necessidade da vida social está entranhada na natureza, e é sim uma condição importante para nossa evolução, haja vista que não possuímos em nós todos os conhecimentos do mundo. Para nos completarmos, precisamos de outras pessoas!


“Vida de Isolamento. Voto de Silêncio”


Questão 769 – Concebe-se que, como princípio geral, a vida social esteja na Natureza; mas, como todos os gostos estão também na Natureza, por que o o gosto pelo isolamento absoluto seria condenável, se o homem encontra aí sua satisfação?


Resposta: Satisfação egoística. Há, também, homens que encontram uma satisfação em se embriagar; tu os aprovas? Deus não pode ter por agradável uma vida pela qual se condena a não ser útil a ninguém.


Questão 770 – Que pensar dos homens que vivem na reclusão absoluta para fugir ao contato do mundo?


Resposta: Duplo egoísmo.


- Mas se esse retiro tem por objetivo uma expiação, impondo-se uma privação penosa, não é ele meritório?


Resposta: Fazer mais de bem do que se faz de mal, é a melhor expiação. Evitando um mal ele cai em outro, visto que esquece a lei de amor e de caridade.


Questão 771 – Que pensar daqueles que fogem do mundo para se votar ao alívio dos sofredores?


Resposta: Estes se elevam, rebaixando-se. Eles têm o duplo mérito de se colocar acima dos prazeres materiais e de fazer o bem para que se cumpra a lei do trabalho.


- E aqueles que procuram, no retiro, a tranquilidade que reclamam certos trabalho?


Resposta: Isso não é o retiro absoluto do egoísta. Eles não se isolam da sociedade, visto que trabalham por ela.


Questão 772 Que pensar do voto de silêncio prescrito por certas seitasm, desde a mais alta antiguidade?


Resposta: Perguntai antes se a palavra está na Natureza e porque Deus a deu. Deus condena o abuso das faculdades que concedeu. Entretanto, o silencia é útil, porque, no silêncio, te concentras, e teu espírito torna-se mais livre e pode, então, entrar em comunicação conosco. Mas, o voto de silêncio é uma tolice. Sem dúvida, os que olham suas privações voluntárias como atos de virtude, têm uma boa intenção; mas eles se enganam, porque não compreendem suficientemente as verdadeiras leis de Deus.


Nota de Kardec: O voto de silêncio absoluto, da mesma forma que o voto de isolamento, priva o homem das relações sociais que podem lhe fornecer as ocasiões de fazer o bem e de cumprir a lei do progresso.


Sendo assim, lembremos de nossos estudos passado. Em meu primeiro artigo falamos sobre a reforma íntima, e dela extraímos que para melhorarmos nossas vicissitudes, é necessário que sejamos provocados, e isso só ocorre quando estamos em convívio com nossos irmãos.


Se a meta principal da reencarnação é nossa evolução, e a principal ferramenta para atingirmos esse objetivo é através da reforma íntima, já conseguimos extrair que a vida social se insere, também, como necessária para esse caminho de evolução.


Portanto, desejo boas companhias a todos.


=====

Conheça o Clube do Livro Letra Espírita em www.letraespirita.com.br e associe-se para receber em sua casa o melhor da literatura espírita.

*O livro "Reencontro: Cartas Psicografradas" faz parte da seleção de Maio/19. Veja seleção completa do mês atual no site.



Contatos:

22  2724-0945

blog@letraespirita.com.br

© 2018 por Equipe Letra Espíírita