• Letra Espírita

Os Animais têm Alma?



Os animais são como nossos irmãos mais novos, eles precisam de amor, carinho e proteção. Assim como os seres humanos, os animais também sentem tristeza, dor, felicidade e amor por outros seres vivos.

A doutrina espírita nos ensina que os animais possuem alma, porém, é diferente de nós, seres humanos.

A alma dos animais está em diferentes fases evolutivas. Os animais evoluem, mas não como nós, ou seja, eles evoluem pela “força da natureza”, por situação são alheias a sua vontade. Por que isso ocorre?

Por que os animais não são espíritos errantes, ou seja, não possuem o livre-arbítrio.

Confira o que Kardec nos ensina a respeito deste assunto:

“Pois que os animais possuem uma inteligência que lhes faculta certa liberdade de ação, haverá neles algum princípio independente da matéria?

Resp: Há e que sobrevive ao corpo

Será que esse princípio uma alma semelhante à do homem?

Resp: É também uma alma, se quiserdes, dependendo isto do sentido que se der a esta palavra. É, porém, inferior à do homem. Há entre a alma dos animais e a do homem distância equivalente à que medeia entre a alma do homem e Deus”. (Livro dos Espíritos, questão 597)

A respeito da erraticidade Chico Xavier, disse:

“Os animais diferentemente dos homens, não possuem o tempo da erraticidade (intervalo mais ou menos longo entre uma encarnação e outra). Quando morre, quase que instantaneamente sua alma ou energia vital é atraída, magneticamente e por afinidade a mais um processo de encarnação”.

E como ficam os animais no plano espiritual? Eles reencarnam?

No que diz respeito ao plano espiritual, a doutrina nos ensina que os animais ficam em uma espécie de erraticidade, porém, não é um Espírito Errante.

Sobrevivendo ao corpo em que habitou, a alma do animal vem a achar-se, depois da morte, nem estado de erraticidade, como a do homem?

“Fica numa espécie de erraticidade, pois que não mais se acha unida ao corpo, mas não é um Espírito errante. O Espírito errante é um ser que pensa e obra por sua livre vontade. De idêntica faculdade não dispõe o dos animais. A consciência de si mesmo é o que constitui o principal atributo do Espírito. O do animal, depois da morte, é classificado pelos Espíritos a quem incumbe essa tarefa e utilizado quase imediatamente. Não lhe é dado tempo de entrar em relação com outras criaturas.” (O Livro dos Espíritos)

Já em relação a encarnação, o espiritismo ensina que os animais reencarnam e evoluem.

À alma dos animais é dado escolher a espécie de animal em que encarne?

Resposta: “Não, pois que lhe falta livre-arbítrio.”

Os animais estão sujeitos, como o homem, a uma lei progressiva?

“Sim; e daí vem que nos mundos superiores, onde os homens são mais adiantados, os animais também o são, dispondo de meios mais amplos de comunicação. São sempre, porém, inferiores ao homem e se lhe acham submetidos, tendo neles o homem servidores inteligentes.”

=====

Conheça nosso Clube do Livro e receba em casa livros espíritas a partir de R$ 23,00, aproveite! Acesse www.letraespirita.com.br


Fonte: RBN

#Animais

Contatos:

22  2724-0945

blog@letraespirita.com.br

© 2018 por Equipe Letra Espíírita