• Letra Espírita

Veganismo e Espiritismo


Diana Cappuzzo

A mudança para a nova Era do Planeta bate em muitas portas e, uma delas, certamente é a alimentação e a saúde integral. Com o passar dos anos, popularizou-se entre muitos de nós uma tendência a adotar, como estilo de vida, duas frentes: o veganismo e o vegetarianismo.


O que essas palavras significam? Segundo o dicionário Michaelis, veganismo é:


“filosofia de vida e dieta que excluem o uso de qualquer produto de origem animal na alimentação (carne, laticínios, mel, ovos etc.) e no vestuário (peles, couros, seda, lã, pérolas etc.). Baseia-se em convicções éticas e morais no que diz respeito aos direitos e bem-estar dos animais, ao ambiente, a crenças espirituais ou religiosas. Os mais radicais evitam, inclusive, medicamentos testados em animais, como soro e vacinas.”


E, vegetarianismo é:


“dieta que consiste no consumo de alimentos apenas de origem vegetal (verduras, legumes, frutas, grãos e nozes), excluindo, portanto, carnes de qualquer tipo (boi, peixe, frutos do mar, frango etc.), incluindo ou não o uso de ovos e laticínios.”


Enquanto o vegano adota uma vida baseada nos princípios de não-crueldade aos animais desde a alimentação até produtos em geral, o vegetariano opta por consumir alimentos de origem vegetal, apenas. O que ambos tem em comum é o respeito à vida daqueles animais que oferecem aos seres humanos a carne.


O que essas “dietas” e “qualidade de vida” têm a ver com o Espiritismo e os ensinamentos de Jesus? Se você pensou em “Amar ao próximo como a ti mesmo”, você está certíssimo! Ao adotar posturas que evitem a violência e a crueldade, você age à favor do amor, da paz e do respeito à vida.


Amar ao próximo não significa amar apenas outro ser humano, mas a todos os seres que pulsam vida e estão imersos no fluido cósmico universal. A flora, com sua abundância de flores, plantas, árvores e frutos, e a fauna, com todos os animais, sejam eles vertebrados (aves, mamíferos, peixes, répteis) ou invertebrados. Tudo e todos têm e vibram o gérmen da vida.


Na escala evolutiva, os animais estão entre aqueles que possuem a força do instinto de sobrevivência. Alguns ainda muito animalizados e outros um tanto menos, capazes até de conviver harmoniosamente entre os humanos, como gatos, cachorros, cavalos. De uma célula única e semelhante, variando de DNA, classes e espécies, temos nos animais a evolução do instinto para a esfera do sentimento, da razão e da consciência superior. Por que não pensar que um dia, há milhares de anos, já não fomos uma cobra, um leão, uma galinha, um boi, um peixe, um cachorro? Dessa consciência, compreendemos que ao lidar com todos os tipos de animais, lidamos com nosso irmão menor (sim, a barata também é nosso irmão menor).


Assim como os animais, nós, seres humanos, também subimos a escada da evolução ao elevarmos, a cada nova era, nossos níveis de consciência. Ganhar nova consciência é pensar, agir e ser diferente e, como consequência, é mudar hábitos.


É fato que não somente a mente e os sentimentos se transformarão na nova Era, mas também o corpo físico. Tudo é repercussão: corpo – mente – sentimento – espírito e vice-versa: espírito – sentimento – mente – corpo. Se ampliamos nossa qualidade espiritual, é verdade que refletiremos essa transformação em todas nossas instâncias interiores.


Não sabemos que os planetas de alta vibração carregam um peso de matéria diferente da do nosso Planeta Terra? Não sabemos que a isso se deve ao nível de consciência de sua população? Vibrar em altas faixas vibratórias e ter consciência superior não é ser terno, amoroso, simples e compassivo? Será que eles precisam tirar a vida de um irmão menor para alimentar sua matéria sutil e etérea?


O vegetarianismo e o veganismo fazem parte dessa mudança de consciência há muitos anos e tem preparado a população para esse despertar. Sem dar juízo de valor à qualidade espiritual de um vegano ou um vegetariano, os princípios de não-violência, não-crueldade e não-consumismo da carne estão aqui como parte da transformação do planeta e da vida de seus moradores.


Desde os tempos primórdios, o homem se viu sempre necessitado do consumo da carne para sua sobrevivência e, até hoje, em muitos lugares, essa necessidade é ainda muito presente e importante. Os nossos irmãos menores doa(ra)m e sacrific(ar)am suas vidas pelo bem da humanidade. Hoje, há novos recursos e uma nova maneira de viver que permite maior respeito e amor a essas vidas que não o sacrifício delas. É o progresso do homem na escala da Terra regenerada.


Nesta citação, Ramatís nos ensina que na hierarquia e no progresso espiritual vamos, com o tempo de maturação, nos libertando das amarras do mundo da matéria.


“O progresso espiritual se evidencia em todos os campos de ação em que o espírito atua, pelo qual – se realmente pretendeis alcançar o estado angélico – tereis também que procurar desenvolver um metabolismo mais delicado e escolhido, na alimentação do vosso corpo. A ascensão espiritual exige a contínua redução da bagagem de excessos do mundo animal.


Um exemplo de angelitude que não podemos deixar de citar é o amoroso e querido São Francisco de Assis que nos ensinou, com seu amor incondicional a todos os seres, a sermos simples e abnegado instrumento da paz e do amor. A fraternidade para com que ele vivia, lidava e cuidava dos animais e das plantas mostra que somos capazes de viver em um mundo que não compactua com atos de maus tratos, crueldade e violência a todos seres. Somos sim capazes de amar, de sorrir e de cuidar.


Se você diariamente dá provas de amor e amizade para com animais e plantas, você já está movendo ações em favor da vida e louvando a Deus por meio do seu próximo. Como faz parte da ascensão, o tempo de não comer mais carne chegará em breve e a vibração do Planeta e de todos nós mudará absurdamente, pois não haverá mais sangue, mais sacrifícios, nem violência, nem criminalidade, nem gula. De nós, viveremos e sustentaremos uma matéria diferente, mais leve, sutil e quintessenciada.


=====

Conheça o Clube do Livro Letra Espírita em www.letraespirita.com.br e associe-se para receber em sua casa o melhor da literatura espírita.


*O livro "Chico Xavier de encarnação a encarnação" faz parte da seleção de Abril/19. Veja seleção completa do mês atual no site.



Contatos:

22  2724-0945

blog@letraespirita.com.br

© 2018 por Equipe Letra Espíírita