Tópicos

A Importância do Evangelho no Lar


Priscila Gonçalves


Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus.

Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles. Mateus 18:19,20 (BÍBLIA ONLINE, 2021).


O Evangelho no Lar é o estudo do Evangelho de Jesus que deve ser executado de maneira reiterada e regular, sendo este em um encontro semanal, sempre no mesmo dia e horário previamente escolhidos, congregando a família à luz dos ensinamentos da Doutrina Espírita, para a instrução e o exercício da jornada evolutiva individual e coletiva no âmbito do seio familiar com o devido suporte e auxílio da Espiritualidade Superior.

O Culto do Evangelho no Lar pode ser realizado por apenas uma pessoa, caso ela resida sozinha (ou se apenas ela na residência seja adepta à Doutrina Espírita), ou por todos os familiares, incluindo as crianças, que devem ser estimuladas a tecerem comentários, e com leituras acerca dos textos que podem ser apropriados para eles.


Cabe aos pais ou responsáveis legais fornecerem a melhor base e educação aos filhos, orientando-os aos ensinamentos de Jesus e guiá-los com amor para os caminhos de sabedoria e discernimento. Em O Livro dos Espíritos, na questão 383, há um esclarecimento sobre a fase da infância pela qual todos os espíritos passam, e sobre a educação. Vejamos:

383. Para o Espírito, qual é a utilidade de passar pela infância?

– O Espírito, encarnando com o objetivo de se aperfeiçoar, é mais acessível, nesse período, às impressões que recebe e que podem ajudá‑lo em seu adiantamento, para o qual devem contribuir os que estão encarregados de sua educação. (KARDEC, 2019).


Logo, inserir a criança no ambiente da Doutrina, com os devidos esclarecimentos que sua mentalidade é capaz de absorver, é ensejar desde cedo os ensinamentos do Cristo, amenizando também os traços de más inclinações que aquele Espírito pode trazer de outras vidas.


Como realizar o Evangelho no Lar? (KARDEC, 2019)


1 – Escolha um dia e horário fixo mais conveniente da semana, para não ser interrompido;

2 – Coloque uma jarra ou copo com água para ser fluidificada e bebida ao final do Evangelho do Lar;

3 – Inicie com uma prece simples e espontânea, rogando a proteção dos Benfeitores Espirituais;

4 – Faça a leitura de um trecho de O Evangelho Segundo o Espiritismo, abrindo-o ao acaso, ou na ordem sequencial dos capítulos;

5 – Comente com os demais participantes sobre o assunto lido, por aproximadamente quinze minutos, evidenciando o ensino moral;

6 – Em seguida faça uma rogativa a Deus, a Jesus e aos Espíritos do Bem, em favor da harmonia do lar e dos familiares encarnados e desencarnados, extensiva também à paz entre os povos;

7 – Faça uma prece de encerramento, agradecendo o amparo dos Benfeitores Espirituais; - É bom que se evite a manifestação de Espíritos;

- Caso não consiga fazer o Evangelho no Lar no dia marcado, dê sequência na semana seguinte;

- Se houver visita em sua residência, convide-a para participar da reunião;

- Caso parte da família não esteja presente, a reunião deverá acontecer normalmente com quem está presente;

- Em situação de viagem, a reunião deverá acontecer onde a família estiver.


A importância do Culto do Evangelho no Lar

O Evangelho no Lar, praticado na domesticidade, é iniciativa de valor inestimável que traz inúmeras benfeitorias às pessoas que o praticam. Concede abundante entendimento dos ensinamentos de Jesus e a prática destes, nos ambientes em que vivemos. Ampliando-se o conhecimento sobre o Evangelho, pode-se oferecê-lo com mais segurança a outras criaturas, colaborando-se para a implantação do Reino de Deus na Terra.


Os indivíduos, unidos por laços consanguíneos ou não, mas que têm entre seus companheiros de lar uma família, irão compreender a primordialidade da convivência harmoniosa e equilibrada, e, dentro de suas possibilidades, irão esforçar-se, galgando degrau a degrau, ultrapassando possíveis obstáculos, contendas e disfunções, que possam existir entre pais e filhos, cônjuges e irmãos.

Através do estudo da reencarnação, irão entender que, aqueles com quem dividem o teto, são Espíritos irmãos, almas afinadas em sintonia semelhante, cujas tarefas individuais muitas vezes irão decorrer da convivência sadia no ambiente em que vieram a renascer.

A presença de Espíritos iluminados no Lar afasta aqueles de índole inferior que desejam e provocam as desavenças, confusões e desordens de toda sorte. O ambiente torna-se posto avançado de Luz, onde existirão almas dedicadas à Seara do Bem, sempre presentes, quer encarnadas, quer desencarnadas. As pessoas habituadas à oração, ao estudo e à vivência cristã tornam-se mais sensíveis e suscetíveis às inspirações dos Espíritos Mentores.

REFERÊNCIAS


KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. Capivari: EME, 2019.


BÍBLIA ONLINE. Disponível em: https://www.bibliaonline.com.br/nvi/mt/18/19,20.

Acesso em 06 de maio de 2021.

371 visualizações
Postagens Recentes