Tópicos

Reflexão sobre o desapego



Jackelline Furuuti


Você passa em frente a uma loja de sapatos e vê na vitrine aquele par que já imagina ser o par perfeito. Não pensa se vai machucar, se é de qualidade, se vai durar, se o preço a pagar não é caro. A gente só quer os sapatos e pronto. Você entra e compra. Chegando à casa você cai em si de que ele foi um pouco caro para você. Passam dias e você sequer teve uma oportunidade de usar... quando se dá conta, se passaram meses e você ainda está pagando.. .ele realmente foi caro, precisa economizar e deixar de fazer e viver coisas pelo alto preço do sapato.

Você resolve então usá-lo. Ele te machuca, ele não combina com você, mas ele é como você queria naquele momento que o viu pela primeira vez. Acontece que o seu pé cresceu, ele já não te serve e com todas as qualidades ele não te cabe mais. É hora de desapegar, sem dó, é preciso andar descalço, descer do salto, por os pés no chão.

As vezes caminhar de pés descalços é muito melhor que com um belo sapato que já não te serve porque seus pés cresceram, porque você cresceu. Desapegar é saber distinguir o que lhe é realmente importante e o que hoje já não lhe acrescenta em nada.

Os sinais são dados a todo instante. Deus nos deu o presente da inteligência para quando a emoção entrar em desequilíbrio você saber o que fazer, com o seu amor, com o seu trabalho, com os seus sapatos.

#JackellineFuruuti

Postagens Recentes
Postagens Populares
Siga-nos
  • Logo para Site
  • Facebook Long Shadow
  • Twitter Long Shadow
  • Instagram Social Icon
Procure por  palavras chaves

Contatos:

22  2724-0945

blog@letraespirita.com.br

© 2018 por Equipe Letra Espíírita