Tópicos

Inferno na Visão Espírita



Por: Jéssica Araújo

Todos já ouviram alguém falar, se você tem uma conduta correta você vai para o céu, se você é uma pessoa que apenas faz o mal, você vai para o inferno e será castigado eternamente. Ao analisar essa frase, surgem várias questões. Nós seres humanos imperfeitos seremos punidos após a morte eternamente? Vamos queimar no fogo do inferno?


Essas concepções de inferno foram criadas por religiões com o intuito de terem um maior controle sobre as pessoas, padronizar a forma de pensar e viver da sociedade, interferindo no conhecimento, e até em assuntos como divórcio, métodos contraceptivos, vestimentas, opção sexual; escolhas ou pensamentos diferentes dos seus já são sinais de castigos e a punição do inferno, segundo as teorias defendidas.


E na visão espírita o que é o chamado inferno?


Em “O Livro dos Espíritos”, Allan Kardec, nos explica que inferno é um estado da consciência através do que pensamos e sentimos, como reviver a culpa, a raiva, a tristeza naquele momento, e assim criam seu próprio inferno.


No capítulo II, questão 1012 a Kardec questiona: De acordo com isso, o inferno e o paraíso não existiriam da forma que os homens representam?


Resposta dos Espíritos: Eles nada mais são do que figuras, por toda parte há Espíritos felizes e infelizes. No entanto, como também já o dissemos, os Espíritos da mesma ordem se reúnem por simpatia; mas podem reunir-se onde quiserem, quando são perfeitos.


Comentário de Kardec: A localização absoluta das regiões de penas e recompensas só existe na imaginação do homem. Provém de sua tendência a materializar e circunscrever as coisas cuja essência infinita não lhe é possível compreender.


Através dessa questão, mostra-nos que assim como no plano terrestre existem pessoas felizes e infelizes, e se atraem através da vibração ou simpatia, e que penas e recompensas são invenções dos homens, pois a compreensão para o infinito requer estudos e doutrina para seu melhor entendimento. Fica claro o quanto é importante e fundamental os estudos do espiritismo e manter a vibração elevada dos pensamentos e sentimentos, pois atraímos espíritos e vibrações a todo momento, manter-se abastecido do pão de cada dia, que é a nossa fé.


No livro “O Céu e o Inferno”, é explicado que através de nossas existências, nos purificamos e evoluímos a cada uma das reencarnações, através de nossas boas escolhas; a passagem pela Terra onde se encontram doenças, obstáculos, sofrimentos, misérias pode ser considerado um inferno, entretanto, depende de cada um permanecer nesse estado de vibração ou não.

No capítulo V, Item 5 somos esclarecidos que: “Então, aquele que sofre nesta vida pode se dizer que é porque não se purificou suficientemente em sua existência anterior, devendo sofrer ainda na seguinte, se o não fizer nesta. Isto é ao mesmo tempo justo e lógico. Sendo o sofrimento relativo à imperfeição, tanto mais tempo sofremos quanto mais imperfeito formos, da mesma forma por quanto mais tempo uma enfermidade persistirá quanto maior a demora em tratá-la. Assim é que, enquanto o homem for orgulhoso, sofrerá as consequências do orgulho; enquanto egoísta, sofrerá as do egoísmo.”.

Deus nos criou para evoluirmos, amarmos, ser caridosos, nos ofertou o livre arbítrio, temos o poder da escolha, do bem e do mal, somos seus filhos, temos a oportunidade todos os dias de aprender com os erros, chances de mudança e renovações, não nos criou para punições eternas, sofrimentos sem fim, Deus é onipotente e onisciente, Deus nos ama!


----------------------


Conheça o Clube do Livro Letra Espírita em www.letraespirita.com.br e associe-se para receber em sua casa o melhor da literatura espírita.

Postagens Recentes
Postagens Populares
Siga-nos
  • Logo para Site
  • Facebook Long Shadow
  • Twitter Long Shadow
  • Instagram Social Icon
Procure por  palavras chaves

Contatos:

22  2724-0945

blog@letraespirita.com.br

© 2018 por Equipe Letra Espíírita