Tópicos

A Nova Era


Muitas são as aflições e dificuldades que o mundo contemporâneo atravessa. Em muitos países, as crises políticas, econômicas e sociais são notícias rotineiras gerando um clima de pessimismo e inseguranças generalizados. E nos perguntamos; quando começaremos a vivenciar a tão aguardada nova era, descrita pelos benfeitores como um novo período para a Humanidade, onde teremos paz, justiça e fraternidade?


Ilusoriamente acreditamos que um dia acordaremos e receberemos a notícia tão esperada, talvez pelos mesmos noticiários que enfatizam as problemáticas, de que tudo mudou, o mundo se transformou regenerando-se e agora sim, seremos felizes. Ledo engano.


Todo o processo de transformação ocorrerá na intimidade dos habitantes de nosso planeta, ou seja, de dentro para fora. A regeneração não será material, mas moral.


Em toda a Codificação encontramos explicações sobre a necessidade da reformulação de nossos hábitos e comportamentos. O Evangelho Segundo o Espiritismo trabalha em minúcias os principais pontos negativos a serem observados e combatidos em nossa personalidade, mas também nos traz o bom ânimo tão necessário em todos os embates. Insuflam-nos os bons Espíritos a fé que fortalece, dentro do entendimento de que tudo pelo que passamos pode servir como aprendizado, desde que utilizemos de bom senso, avaliando nossas atitudes,verificando como não cometer os mesmos erros.


“… vós sois o grão de areia, mas sem grãos de areia não haveria montanhas…”, nesta linda alusão do Espírito Fénelon, que encontramos no próprio Evangelho Segundo o Espiritismo capítulo I, vemos retratada a importância do todo. Cada um de nós representa uma parte de algo maior, como um grande organismo que precisa de todas as suas células sadias e trabalhando em harmonia para ser considerado saudável. Se cada grão fizer sua parte garantiremos a integridade da montanha. Cada um de nós tem sua tarefa de crescimento individual que se reflete no coletivo.


A lei dos mundos é a do progresso incessante, e este processo já se iniciou há muito tempo, já não ultrapassamos a era primitiva? Entretanto vislumbrar a nova era dependerá do esforço que empreendermos em nosso próprio crescimento moral, pois ela representa um novo modo de pensar e agir.

De nada nos adiantará o desânimo, a tristeza, o cansaço, embora sejam perfeitamente compreensíveis os momentos de exaustão em uma grande viagem. Todavia, precisamos nos lembrar das promessas do Mestre Nazareno, “Vinde a mim todos que estais cansados e eu vos aliviarei…”. Em nosso auxílio Jesus nos legou seu Evangelho redentor e esclarecedor, que pode nortear nossos caminhos, consolar nossas aflições, mas acima de acima de tudo nos ensinar a importância do amor, elemento fundamental para nossa felicidade futura.

Postagens Recentes
Postagens Populares
Siga-nos
  • Logo para Site
  • Facebook Long Shadow
  • Twitter Long Shadow
  • Instagram Social Icon
Procure por  palavras chaves

Contatos:

22  2724-0945

blog@letraespirita.com.br

© 2018 por Equipe Letra Espíírita