top of page
Tópicos

Fobia na Visão Espírita: Uma Exploração Além do Medo


Sthephannie Silva


A Fobia é um termo utilizado na Medicina para descrever um tipo específico de transtorno de ansiedade conhecido como Transtorno de Ansiedade Fóbica ou Fobia. As fobias são caracterizadas por medos intensos e irracionais de objetos, situações, animais ou atividades específicas. Esses medos são tão intensos que podem causar uma resposta de ansiedade significativa e até mesmo ataques de pânico em algumas pessoas. As fobias, são um fenômeno complexo que transcende as fronteiras da Psicologia tradicional. Na visão espírita, ao explorar as fobias, somos desafiados a considerar não apenas os fatores psicológicos, mas também as possíveis influências do Plano Espiritual em nossa jornada terrena. Essa integração de conhecimentos pode abrir novas perspectivas para o tratamento e compreensão das Fobias, unindo saberes que, juntos, contribuem para uma compreensão mais holística da natureza humana.


Em termos gerais, no contexto do Espiritismo, as fobias podem ser consideradas como um desequilíbrio espiritual ou um problema moral do indivíduo. Os Espíritas acreditam que a alma passa por diversas encarnações e que as experiências de vidas passadas podem influenciar os medos e fobias que uma pessoa possui na vida atual. Algumas pessoas que praticam o Espiritismo podem recorrer a terapias espirituais ou mediúnicas para lidar com suas fobias, buscando orientação espiritual e aprofundando na compreensão de suas experiências do passado.


O ser psicológico movimenta-se em liberdade, podendo viver o passado no presente, o presente no momento e o futuro, conforme a projeção dos anseios, igualmente na atualidade. As dimensões temporais cedem-lhe lugar às fixações emocionais, responsáveis pela conduta do eu profundo. Face a essa distonia entre o tempo físico e o emocional, cria-se a ilusão que se incorpora como necessidade de vivência imediata, primordial para a vida, sem o que o significado existencial deixa de ter importância. A escala de valores do indivíduo está submetida à relatividade do conceito que mantém em torno do que anela e crê ser-lhe indispensável. Enquanto não aprofunda o sentido da realidade, a fim de identificar-lhe os conteúdos, todos os espaços mentais e emocionais permanecem propícios aos anseios da ilusão. (Franco, Divaldo, 2014d [1998], p.123).


Nesse contexto, algumas pessoas recorrem a abordagens espirituais para lidar com suas fobias, como tratamento espiritual, a prática de passes, e o estudo do Evangelho, com a esperança de acalmar o Espírito e reduzir as reações de pavor, o apoio espiritual pode proporcionar conforto emocional e auxiliar no enfrentamento das fobias de maneira complementar ao tratamento médico ou psicológico. O estudo do Evangelho e a prática de passes, por exemplo, podem fornecer um ambiente de apoio e tranquilidade, promovendo uma sensação de paz interior que pode ajudar na gestão da ansiedade e do medo.


Ampliam-se lhe com vagar os horizontes do entendimento, que lhe faculta melhor situar-se na realidade do ser inteligente com possibilidades de alcançar patamares sempre mais elevados. Os transtornos e distúrbios que o assinalam podem ser considerados como desarmonias e quedas do senso psicológico, que aguarda os recursos hábeis para a sua renovação. A predominância dos instintos básicos, que lhe foram indispensáveis para a sobrevivência nas faixas primárias do crescimento, permanecem no mecanismo fisiológico de que se utiliza, ao tempo em que rema, nascem no inconsciente profundo, ressuscitando a cada momento com vigor e induzindo permanência no primarismo. Reações automáticas, ambições desnecessárias, receios injustificáveis projetam-no para comportamentos defensivos-agressivos e condutas extravagantes condizentes com os estágios dos quais se deve liberar (Franco, Divaldo, 2014d [1998], p.123).


Quando algo sai do equilíbrio, a causa muitas vezes pode ser encontrada em nossos pensamentos e intenções. A disciplina do auto penetração mental é vista como uma maneira de descobrir gradualmente nossas tendências, desconfortos, frustrações e conflitos internos. Isso nos ajuda a entender melhor a nós mesmos e nossos desafios. Somos seres em constante expansão e evolução, mesmo que enfrentemos momentos difíceis e insatisfações temporárias. Podemos direcionar nossa energia para o crescimento pessoal e a busca por uma compreensão mais profunda de nosso propósito de vida. A autoconfiança desempenha um papel crucial nesse processo, pois nos ajuda a superar os obstáculos que podem parecer esmagadores. Através do autorrenovação, podemos adaptar nossos planos e descobrir um novo significado e modo de viver.


O ser humano é vida em expansão no rumo do infinito. Espírito imortal, momentaneamente cercado de sombras e envolto em tormentos de insatisfação, pode canalizar todas as energias decorrentes dos instintos básicos para os grandes voos da inteligência, superando os patamares mais primitivos da evolução com os olhos voltados para a realidade transcendente. Emergindo do caos em cuja turbulência se agita, percebe a perenidade existente em tudo, não obstante as transformações incessantes e toma parte, emocionado, no conjunto que pulsa e se engrandece diante dos seus olhos (Franco, Divaldo, 2014d [1998], p.123).


A mudança pessoal é o ponto de partida para qualquer transformação significativa no mundo e na sociedade. Não se trata apenas de aspirar a mudanças externas, mas de reconhecer que cada um de nós é uma parte importante do todo, contribuindo para o grande organismo da existência. Portanto, ao buscarmos nossa própria melhoria, contribuímos para a melhoria do mundo ao nosso redor. Por fim, embora o Espiritismo possa oferecer apoio espiritual e emocional para aqueles que enfrentam fobias, para ter o entendimento sobre suas crises, é importante combinar essas práticas com tratamentos médicos e psicológicos baseados em evidências para obter resultados eficazes e duradouros no enfrentamento desses transtornos de ansiedade. Cada indivíduo é único, e a abordagem ideal para lidar com fobias pode variar de pessoa para pessoa.


==========

Referência


Franco, Divaldo. Amor, Imbatível Amor. [Coleção Série Psicológica Joanna de Ângelis, vol:9;] 2014, Editora: Leal.





382 visualizações

Comments


Postagens Recentes
Postagens Populares
Siga-nos
  • Logo para Site
  • Facebook Long Shadow
  • Twitter Long Shadow
  • Instagram Social Icon
Procure por  palavras chaves
bottom of page