top of page
Tópicos

Jesus: o grande "desconhecido"


Rafaela Paes de Campos


Não há quem ouça o nome ‘Jesus’ e não saiba de quem se trata, mesmo entre os não cristãos. Jesus é o homem mais conhecido de todos os tempos, fato constatado pelo livro “Who’s Bigger – Where Historical Figures Really Rank”, que em tradução livre significa “Quem é o maior – Onde as Figuras Históricas Realmente se Classificam”. Escrito pelos autores Steven e Charles B. Ward, que realizaram uma pesquisa quantitativa em plataformas eletrônicas, demonstrou-se que Jesus se estabelece em primeiro lugar dentre as figuras históricas mais importantes (RICARDO, 2023, on-line).

 

Portanto, deve haver algum erro no título deste artigo, certo? Não, ele está correto!

 

A maioria de nós sabe quem é Jesus, o que ele fez e sua importância para a Humanidade, eis que trouxe à tona ensinamentos de cunho moral inestimável para a evolução e convívio pacífico da sociedade humana. Entretanto, ele segue sim sendo um grande desconhecido, pois saber quem é não significa que sigamos aquilo que ele verdadeiramente veio nos ensinar. Saber quem é não é efetivamente conhecer. Teorias são bastante diferentes das práticas.

 

Segundo o dicionário, desconhecido é aquele a quem conhece-se pouco, ou algo sobre o qual não temos conhecimento, seja por ignorância ou por falta de experiência ou de uso. Quem de nós pode, portanto, diante de tal conceituação, dizer que conhece profundamente este Homem e seus ensinamentos?

 

Quem nos responde é a própria vida e os caminhos que trilhamos ao longo de nossas jornadas. E para isto, nem adentraremos a todas as Suas lições, extraindo do básico o quanto ainda temos a caminhar para verdadeiramente conhecer Jesus.

 

Um dia Ele foi questionado: “De todos os mandamentos, qual é o mais importante?” Jesus, então, resumiu os mandamentos trazidos à baila por Moisés, em dois, os quais passaremos a analisar e refletir.

 

Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças” (Marcos 12:30).

 

O primeiro mandamento salientado por Jesus e, portanto, o mais importante, é que amemos a Deus sobre todas as coisas. Somos crentes em Deus, acreditamos numa força superior que nos dá e rege a existência. Mas, amamo-Lo de todo o nosso coração, alma, entendimento e forças?

 

De forma sincera, e sem qualquer juízo de valor, pergunto: Quando nós recorremos a Deus? Sempre que algo não vai bem, via de regra. É comum que diante da felicidade pelas realizações da vida, esqueçamo-nos até de agradecê-lo pelo auxílio e suporte. Mas, sempre que algo dá errado, oramos pedindo que Ele nos ajude!

 

É importante que sejamos honestos neste critério. Nós amamos, cremos, mas, e quando algo que sonhamos não sai como planejado? E quando Ele nos dá um não para um pedido específico? Aceitamos conforme a nossa oração diária “seja feita a Vossa vontade”, quando ela não coincide com a nossa?

 

Eis uma primeira reflexão!

 

E seguindo, Jesus traz, então, o segundo mandamento mais importante:


O segundo é esse: Ame o seu próximo como a si mesmo. Não existe mandamento maior que estes” (João, 4:21).

 

Eis o grande problema! Não há entre nós quem não conheça este mandamento e até o propague aos quatro ventos, mas, quem dentre nós ama mesmo o próximo? É fácil amar aos que as brumas do tempo fizeram já nascer o amor, mas, e o próximo que erra, que nos irrita, que tem uma opinião diferente, que professa outra religião, que é diferente de nós?

 

Mais uma reflexão necessária ao nosso íntimo!

 

Saber quem é Jesus está bem distante de viver Jesus e seus ensinamentos. Dos mais básicos mandamentos, nos furtamos todos dias, numa luta diária entre saber o caminho certo e ainda incorrermos nos erros que já não são mais necessários ao nosso grau evolutivo.

 

Se trouxéssemos ainda outras lições, mais ainda teríamos a refletir. O guia seguro e primordial para que conheçamos e pratiquemos as verdades de nosso Irmão mais velho estão em O Evangelho Segundo o Espiritismo, ao alcance de todos nós.

 

Não nos tornaremos, da noite para o dia, praticantes exemplares das realidades ensinadas por Ele, mas cabe a nós a decisão de fazer um pouco por dia, todos os dias. Pois, segundo Ele mesmo, “se alguém disser: ‘Amo a Deus’, mas odiar o seu irmão, esse é mentiroso. Pois quem não ama o seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê” (João 4:20).

 

===========

Referências

BÍBLIA ON. Os dois maiores mandamentos de Jesus. Disponível em: https://www.bibliaon.com/mandamentos_mais_importantes/. Acesso em: 06/02/2024.

 

RICARDO. As 10 pessoas mais importantes da história da humanidade. 2023. Disponível em: https://meuvalordigital.com.br/as-10-pessoas-mais-importantes-da-historia-da-humanidade/. Acesso em: 06/02/2024.



102 visualizações

Comments


Postagens Recentes
Postagens Populares