Tópicos

As Leis Divinas Segundo O Espiritismo



O que é uma Lei? Em Direito se define uma Lei como uma regra ou prescrição emanada de uma "autoridade soberana". Mas diferentemente das leis humanas ou mosaicas que estão sujeitas às alterações e que foram criadas para atender ás necessidades dos homens e mulheres de determinado tempo e espaço, as Leis Divinas que foram criadas pela "autoridade soberana" do Universo são Eternas, Imutáveis, Justas e Naturais, tal como o criador de tudo. Mas como são divididos essas Leis Cósmicas ou Naturais?

Em síntese são divididos em Leis Físicas que são estudadas pela Ciência e que são responsáveis por regular o movimento, transformação, características e interações entre a matéria bruta; E as Leis Morais que dizem respeito ao ser em si e em suas relações com o Criador Supremo e com os seus semelhantes, e que são exploradas pelas religiões no geral e que são divididas em pelo menos 10 prescrições:

1- Lei de Amor, Justiça e Caridade:

Desde tempos imemoriais o ser humano fala em Justiça como um meio de corrigir faltas e ações imorais, fazendo com que também seja uma lei natural mas que para a humanidade a justiça por vezes acaba se tornando seletiva, parcial e as vezes sem o conceito de amor e fraternidade que caracteriza a Justiça Divina. Uma outra evidência de que a justiça é inata ao ser humano é que numa situação, o senso de justiça de um indivíduo mostra um descontentamento entre a situação observada e o ideal imaginado pela maioria. E com isso a justiça entraria contrabalanceando entre o amor e a fraternidade afim de atingir o bem comum. Então em resumo essa Lei diz respeito á verdadeira justiça que para ser equitativa deve ser feita com o amor com o próximo e com a caridade incondicional

2- Lei da Adoração:

Essa lei é uma regra natural e divina pois ela é encontrada em todos os tempos e em todos os povos da história humana na Terra , mesmo que em diferentes formas. Segundo o livro Leis Morais na atualidade a crença numa divindade é inata ao ser humano pois tento sido criado por Deus, todos cultivam, mesmo que ainda não tenha uma orientação religiosa, a vaga intuição da existência de um ser superior do qual dependemos. Em um trecho de Cf:João 4:23-24, se encontra a expressão "adorar em espírito e verdade".

Mas afinal, o que seria adorar em espírito e verdade? É tornar - se progressivamente melhor opondo-se ao egoísmo; É servir á humanidade e querer o bem de todos os seres humanos e não humanos (animais) sem nada em troca; É ser cristão com Cristo em consoante com a expressão: "em vos amardes como eu vos amei". Então, em resumo, se adora pela reforma íntima que desenvolve a espiritualidade (seja pelo autoconhecimento, sublimação dos pensamentos e sentimentos , caridade etc) e pela adoração exteriorizada (prece, oração) que deve vir do coração e tocar a alma.

3- Lei do Trabalho:

Tudo trabalha na natureza. O corpo físico ou carnal trabalha constantemente para manter o equilíbrio térmico, metabólico, fisiológico e imunológico e os Espíritos trabalham para manter a harmonia um, portanto a Lei do Trabalho também é uma lei natural e que em síntese significa, para o homem encarnado, prestar uma atividade em troca de algo para satisfazer suas necessidades enquando para o mundo espiritual significa prestar serviços em prol de algo maior.

4- Lei da Liberdade:

Assim como a justiça e fraternidade a liberdade também foi um conceito bastante estudado, questionado e defendido por grandes pensadores de todas as épocas e povos o que caracteriza a mesma como mais uma lei natural inata á mente humana. Mas afinal o que diz a Lei da Liberdade? E o que é o Livre Arbítrio? No princípio, quando Deus criou os Espíritos, além de ter dado as faculdades intelectuais e morais características de cada mundo para qual os Espíritos recém criados reencarnariam nas primeiras existências, deu também o livre arbítrio que nada mais é do que a capacidade de escolher entre o bem e o mal afim de evoluir rumo á perfeição ou manter - se estacionário, mas nunca regredir.

Mas até onde vai a liberdade de um ser? Há consequências caso o livre arbítrio seja usado para o mal? Como diz vários autores espíritas , o ser tudo pode mas nem tudo lhe convém. Um exemplo para entender melhor essa expressão é se uma pessoa planta discórdia, rancor, raiva e pensamentos pessimistas, há de colher situações degradantes (mas não necessariamente discórdia, rancor e raiva ) pois como Jesus dizia numa frase bíblica , "vós sois deuses", criamos a realidade que desejamos através dos pensamentos e ações, por isso a expressão "...Mas nem tudo lhe convém." Então em resumo a Lei da Liberdade nada mas é do que a Lei de Causa e Efeito ou Ação e Reação.

5- Lei da Sociedade:

O que é sociedade? Segundo a Sociologia é um grupo de pessoas que habitam num mesmo espaço em certo período. Ou então, segundo o significado do próprio nome "sociedade" é a associação amistosa entre outros. E concerteza, desde o surgimento dos primeiros hominídeos, a organização e coesão social entre os homens que se deu por união entre grupos sociais caracterizou essa lei como , talvez, não só uma lei natural mas como uma das mais antigas. Mas afinal, qual a necessidade de ter uma vida social? Viver em sociedade significa um auxílio tanto na evolução intelectual quanto na evolução moral, que pela troca de conhecimentos e experiências entre as pessoas, ajuda no melhor progresso da Ciência e Tecnologia como um todo e no melhor melhoramento espiritual e moral que ocorre pela reforma íntima.

6- Lei da Igualdade:

Sendo também uma Lei Natural por ter sido debatido e questionado por milênios, a Lei da Igualdade diz que embora os Espíritos foram criados iguais, nem todos evoluem na mesma proporção, segundo suas experiências e livre arbítrio.

7- Lei da Reprodução:

Em Biologia, reprodução é a capacidade de gerar descendentes para dar continuidade á espécie fisicamente falando. Já na ciência espírita é a transformação espiritual, a capacidade do set de se melhorar , transformar e progredir espiritualmente falando. Então, em resumo a Lei da Reprodução é dividida em propagação biológica a fim de manter a espécie fisicamente falando já que espírito não é dividido em espécies pois somos todos iguais e irmãos. E em transformação espiritual pela reforma íntima, autoconhecimento e estudos.

8- Lei da Conservação:

A palavra conservação, que também é bem antiga nas culturas humanas, significa um conjunto de medidas adotadas para impedir que algo de grande valor ou importância para o ser humano se deteriore ou se perca á curto prazo de tempo. No caso dessa Lei, conservação diz respeito á preservar o corpo físico que é essencial para a evolução individual e preservar a natureza que é de onde os seres humanos assim como os animais tiram os recursos essenciais para progredir como humanidade.

9- Lei da Destruição:

Na primeira vista parece estranho que Deus que é a definição suprema de paz , amor, justiça e sabedoria tenha criado uma lei com um nome que denota algo tão ruim e que causou grandes catástrofes humanitárias como guerras e genocídios ao longo da história humana. Mas segundo o Livro dos Espíritos existe uma grande diferença entre a destruição abusiva e necessária. E segundo o mesmo livro a destruição abusiva se caracteriza pela predominância da bestialidade sobre a natureza espiritual.

E ainda diz que toda destruição que ultrapassa os limites da necessidade é uma violação da lei de Deus, e que os animais não destroem mais do que necessitam, mas o homem, que tem o livre-arbítrio, destrói sem necessidade e que por isso prestará contas do abuso da liberdade que lhe foi concedida, pois nesses casos ele cede aos maus instintos. Já a destruição necessária é aquela que pelo sofrimento e aniquilação de coisas materiais (desastres naturais) que geram a morte faz com que o espírito se renove/transforme/regenere. Mas também diz que quando mais desapegado da materialidade menos sujeito á essa lei os Espíritos e mundos no qual estão encarnando necessitariam. Então em resumo a lei da destruição é uma lei presente nos mundos mais materialistas e que diz respeito á destruição de coisas materiais afim de causar sofrimentos e assim impulsionar os seres á regeneração moral.

10- Lei do Progresso:

Progresso significa evolução intelectual, que ocorre com o desenvolvimento da Ciência e Tecnologia e evolução moral que ocorre com a reforma íntima. E tem como característica o determinismo filosófico de que todos os seres do cosmos estão fadados/destinados ao progresso, á angelitude, á utopia, á felicidade suprema e eterna e á perfeição.

Para concluir, deve-se fazer a seguinte pergunta: "Mas onde estão escritas essas leis? Em algum lugar no plano físico da Terra? Do Universo?? Do mundo espiritual? A resposta é: nenhum dos três, as Leis Morais estão registradas na consciência de cada espírito e ser. E que para melhor compreende-las tem espírito de se progredir moralmente através da reforma íntima e autoconhecimento e progredir intelectualmente através dos estudos sobre as taia leis. Mas no geral, pelo estágio evolutivo em que a humanidade se encontra, a mesma não a conhece bem.

É por isso que em todas as épocas da história humana tem Deus enviado á Terra, Espíritos Missionários que, reencarnados nas diferentes áreas do saber, vêm até nós para nos ensinar. Mas desde as épocas mais remotas a Ciência humana tem-se dedicado exclusivamente ao estudo dos fenômenos do mundo físico, suscetíveis de serem examinados pela observação e pela experimentação, deixando a cargo da Religião o trato das questões metafísicas e espirituais e que por essa divisão faz com que entenda menos as coisas que transcende á matéria bem como as Leis Divinas.

=====

A seleção do mês para sócios do Clube está imperdível! Confira as novidades em www.letraespirita.com.br


#LeisDivinas #FelipeTeixeira #Amor

Postagens Recentes
Postagens Populares
Siga-nos
  • Logo para Site
  • Facebook Long Shadow
  • Twitter Long Shadow
  • Instagram Social Icon
Procure por  palavras chaves

Contatos:

22  2724-0945

blog@letraespirita.com.br

© 2018 por Equipe Letra Espíírita