Tópicos

Diversidade Religiosa e Respeito às Crenças


Simara Lugon Cabral


Examinai tudo: abraçai o que é bom” (I Tessalonicenses, V, 21.).

Religião, segundo o dicionário etimológico, é uma palavra que procede do latim, da palavra religio que significa “respeito pelo sagrado”. De acordo com o conceito atual, religião é o conjunto de crenças e práticas que supre a necessidade do homem de se conectar com um ente superior a ele (ONLINE ETYMOLOGY DICTIONARY, s.d., on-line).

Em O Livro do Espíritos, parte terceira, Lei de Adoração, Kardec pergunta aos Espíritos:

649. Em que consiste a adoração?

É a elevação do pensamento a Deus. Por meio da adoração, a alma se aproxima d’Ele” (KARDEC, 2018, p. 219).

651. Houve povos desprovidos de qualquer sentimento de adoração?

“Não, pois nunca existiram povos ateus. Todos compreendem que há, acima deles, um ser supremo” (KARDEC, 2018, p. 219).

Portanto, de acordo com a Doutrina Espírita, os homens têm uma necessidade inata de se conectar com Deus, mesmo que sob diferentes formas. Desde os primórdios da civilização, eles buscavam uma maneira de explicar aquilo que não podiam compreender racionalmente, desde os fenômenos da natureza até as questões de vida e morte, e assim surge a religiosidade: A princípio através da adoração aos animais e à própria natureza, em seguida através da mitologia e mais tarde com a evolução intelectual da humanidade, ela passa a se manifestar através do monoteísmo, que é a crença em um Deus único, que foi trazida através dos dez mandamentos na religião judaica.

Hoje em dia existem inúmeras religiões diferentes ao redor do mundo. De acordo com Pew Research Center, um centro especializado de pesquisa internacional, os sistemas religiosos com maior número de adeptos em relação a população mundial em 2015 eram: o cristianismo (31,2%), o islamismo (24,1%), o hinduísmo (15,1%), o budismo (6,9%), religiões locais (5,7%) e outras religiões (1%), sendo o restante da representatividade (16%) correspondente às pessoas sem religião (HACKETT; MACCLENDON, 2017, on-line).

Com tantas doutrinas religiosas diferentes pelo mundo, é importante conhecer e principalmente respeitar a crença de cada um, visto que cada indivíduo está em uma etapa diferente em seu processo evolutivo e vive uma realidade diversa, de acordo com sua cultura e seu plano reencarnatório.