Tópicos

Entrevista com Patrícia Prevedelli, médium psicógrafa de romances espíritas



Patrícia Prevedelli lançou recentemente o romance espírita Nossas Vidas, pela editora Letra Espírita. O livro foi ditado pelo espírito Antônio Gonçalves e fez um grande sucesso junto ao público leitor do gênero. A médium e autora concedeu para a Revista Letra Espírita, edição 37, uma entrevista, a qual reproduzimos para os leitores do nosso blog.


1 – Qual a sua relação com o Espiritismo?

Sou apenas uma eterna aprendiz, frequento o centro espírita há seis anos, mas me identifico com a Doutrina desde pequena quando via Chico Xavier na TV falando tão amorosamente sobre a Doutrina.


2 – Como surgiu a ideia para o romance “Nossas Vidas”?

Foi durante um passeio que fiz com minha família. Passei em um local e me senti estranha parecia que já havia estado lá antes, mas nunca estive, com o passar dos dias as mensagens começaram a vir na minha cabeça e ao comentar com uma amiga o que estava acontecendo, ela me orientou a escrever tudo em um caderno. Com o passar do tempo fui vendo que era uma história e que precisava ser transformada em livro.


3 – Você teve alguma dificuldade na elaboração da história?

Dificuldade não, mas levei um período para entender o porquê de ter recebido esta história com tantas pessoas maravilhosas que escrevem livros espíritas, porque eu sendo só uma dona de casa estava recebendo este presente de Deus, mas com o tempo percebi que foi um modo de me aproximar ainda mais da espiritualidade e me senti honrada e muito feliz.


4 – Como foi o processo de escrita do livro?

Na maioria das vezes eu recebia os capítulos à noite, eu sempre tenho caderninhos perto de mim, muita das vezes acordava no meio da noite e escrevia um capítulo inteiro, acho que recebia os capítulos a noite por ser o período que mais gosto e estou tranquila, com os filhos já dormindo. Foi bom pois assim, conseguia receber a com mais clareza a história e quando precisava fazer alguma modificação pedia a meu mentor para me ajudar na mudança sem interferir na história.


5 – Qual a maior lição que a história poderá trazer ao leitor?

Na minha opinião, acredito que a maior lição que os leitores podem tirar da história é que muitas vezes algumas coisas que acontecem nesta vida são consequência de atos do nosso passado. Eu, por exemplo, consegui aprender e compreender algumas situações da vida que antes não entendia.


6 – Pode nos contar um pouco a respeito dos futuros projetos? Existe a possibilidade de novas obras literárias de sua autoria?

Sim, eu ainda quero ter novas oportunidades para publicar outras obras que estão em andamento, quero muito que em um futuro próximo novos livros e novas histórias possam ser publicadas inclusive um livro de poemas, mas isso ficará para uma próxima vez, sou muito grata a Editora Letra Espírita por ter aceitado publicar esta história que é tão importante para mim.



53 visualizações
Postagens Recentes