Tópicos

Reflexão Sobre Massacres em Escolas e o Espiritismo



Simara Lugon

Publicação original: 01 de junho de 2022


“Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados.” (1 Pedro 4:8)


Mais uma vez o mundo chora diante de uma tragédia que vem se tornando cada vez mais comum: Um homem de dezoito anos, vítima de bullying na escola, um histórico de problemas familiares e de automutilações, invade uma escola de ensino fundamental no Texas, atirando e tirando a vida de dezenove crianças e duas professoras. Foi o segundo ataque mais letal já registrado em escolas na história dos Estados Unidos e muitos perguntam-se, por quê?


Será que esta tragédia poderia ser evitada de alguma forma? Onde a sociedade falhou para que um desastre como este ainda aconteça sem que ninguém consiga impedir? Serão tais assassinos influenciados por outras pessoas ou por Espíritos? Serão indivíduos cruéis que agem sozinhos com a única intenção de causar tamanho sofrimento ao próximo? Sabe-se que atualmente, não é possível precisar o quanto a influência socioambiental afeta cada indivíduo, mas sim que em algum grau ela influencia positiva ou negativamente em suas escolhas. Na Revista Espírita de março de 1858, um Espírito diz o seguinte a respeito das influências do meio: “A tendência para o crime estava em tua natureza ou foste arrastado pelo meio em que viveste?” “A tendência para o crime estava em minha natureza, porque eu era um Espírito inferior. (...)“Se tivesses recebido bons princípios de educação, poderias desviar-te da vida do crime?” “Sim, mas eu escolhi a posição em que nasci.” Assim nota-se que cada pessoa traz dentro de si o pendor para o bem ou para o mal e somado a isso, a influência do meio ajuda a trazer à tona o que há de melhor ou de pior em cada um.


Fato é que no planeta Terra, mundo de provas e expiações, o mal ainda impera e temos a impressão de que ele prospera cada dia mais, porém não deve-se ceder ao desânimo perante tragédias como essas pois se a sociedade atualmente está adoecida, cabe a cada um de seus indivíduos o esforço moral diário e constante para que este cenário possa ser modificado. Como o Espírito Batuíra na obra Mais Luz, psicografada por Chico Xavier diz: “Fácil comentar os desastres em que tombam tantas esperanças na sombra da criminalidade ou da frustração, mas é preciso saber o que temos feito para que as trevas se dissipem. Doar a precisa orientação no caminho será talvez o mais substancial apoio que sejamos capazes de oferecer aos que nos partilham a marcha. Auxiliemo-nos, pois, uns aos outros, acendendo lâmpadas que nos clareiem a estrada – o coração humano é sempre uma lâmpada viva. Basta que se lhe comunique luz para que irradie de si mesmo a necessária claridade com que se ilumina, iluminando os que se lhe fazem companheiros no dia a dia.”.


É preciso que a sociedade esteja atenta aos sinais de que algo está errado, seja na escola, seja dentro de casa ou em ambientes públicos. A educação e a moralidade devem ser ensinadas desde a infância, no lar, nas casas religiosas e no convívio entre as pessoas, lembrando que este é um papel de todos e não exclusivo de pais, mães ou responsáveis. Como Kardec questiona na questão 813 de O Livro dos Espíritos: “Há pessoas que, por culpa sua, caem na privação e na miséria. Nenhuma responsabilidade caberá disso à sociedade?” “Cabe, certamente. Já dissemos que a sociedade é muitas vezes a principal culpada de semelhante coisa. Ademais, não tem ela que velar pela educação moral dos seus membros? Amiúde, é a má educação que lhes falseia o critério, ao invés de sufocar-lhes as tendências perniciosas.” Portanto, entende-se que o amor precisa estar presente em todas as relações pois apenas ele é capaz de curar e de transformar uma sociedade doente em um mundo próspero e feliz.


O Divino Mestre nos chama ao trabalho, e no momento em que cada um olhar para seu interior, chamando para si mesmo a responsabilidade na construção do reino de Deus na Terra, é que a sociedade iniciará sua marcha ao progresso e a Terra se transformará de um orbe de provas e expiações para um mundo de regeneração, onde tragédias e massacres como estes não mais acontecerão. Apenas o amor será capaz de curar os males existentes na sociedade e fazer com que a aurora luminosa da paz, do perdão e da fraternidade entre os povos surja acima das trevas existentes atualmente no planeta.


===========

REFERÊNCIAS:

1. Bíblia Online. Disponível em: https://www.bibliaonline.com.br/acf/mt/12/48+. Acessado em 27 de Maio de 2022.

2. KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. Tradução de Matheus Rodrigues de Carvalho.24ª reimpressão. Capivari, SP: Editora EME, 2019.

3. KARDEC, Allan. Revista Espírita – Jornal de Estudos Psicológicos – 1958. Disponível em: https://kardecpedia.com/roteiro-de-estudos/20/revista-espirita-jornal-de-estudos-psicologicos-1858/6914/marco/palestras-familiares-de-alem-tumulo/o-assassino-lemaire.Acessado em 27 de Maio de 2022.

4. XAVIER, Francisco Cândido. Pelo espírito Batuíra. Mais Luz. GEEM - Grupo Espírita Emmanuel, 2012.

547 visualizações
Postagens Recentes
Postagens Populares
Siga-nos
  • Logo para Site
  • Facebook Long Shadow
  • Twitter Long Shadow
  • Instagram Social Icon
Procure por  palavras chaves