Tópicos

“E SE FOSSE JESUS NO MEU LUGAR?”


Jaina Costa

Esse deve ser nosso questionamento constante pra errar menos.


Normalmente é uma prática que sugiro nas palestras da semana natalina, quando me convidam pra falar na casa espírita:


Questionemos no momento de nossa ceia:


“Jesus se sentaria a meu lado?


Ficaria à vontade?


Seria feliz com a festa, já que é o aniversariante?”

E vai por aí a fora.


Mas essa deve ser uma prática constante na nossa rotina diária; já que somos cristãos, temos que agir em conformidade com a Doutrina Cristã.


Começar logo ao amanhecer nos perguntando:


"Senhor, Você me trouxe de volta após essa noite de sono, que queres de mim pra o dia de hoje?” – ouvir as respostas que vibram em nossa consciência cristã e buscar seguir os rumos que ela nos dita.


Não é fácil ser cristão na íntegra, num mundo onde a concorrência busca os primeiros lugares a qualquer custo, a ganância tem vencido de braçada a solidariedade e o medo tem vencido a fé.


Como espíritas cristãos